Governo inicia medidas para uso do Hotel Barreira Roxa pelos servidores da Saúde

O Governo do RN reuniu, na manhã desta terça-feira, 24, a diretoria do Hotel Escola Barreira Roxa, técnicos da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e da Universidade Federal do RN para tratar da cessão de 52 apartamentos para abrigar profissionais da saúde que estão atuando no enfrentamento aos casos do novo coronavírus.

A medida deve vigorar durante o período da pandemia da Covid-19 e tem como objetivo evitar que esses servidores precisem se afastar do trabalho em consequência de contato com familiares que possam estar contaminados pelos vírus, como também evitar expor risco às pessoas do seu círculo familiar. As autoridades do Governo trabalham no levantamento dos profissionais para ocupar as vagas que podem chegar a 150. 

A Vigilância Sanitária está mapeando a rotina de higiene do hotel para possíveis mudanças e recomendações referentes à oferta de equipamentos de proteção e produtos de limpeza. 

Também deverá ser realizada uma capacitação para a equipe do hotel esclarecendo sobre medidas de segurança e higienização, observando todos os protocolos de higiene preconizados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A expectativa, de acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesap), é de que até a próxima semana os servidores já possam estar hospedados no local. 

A decisão do uso do hotel foi anunciada em nota conjunta, nesta segunda-feira, 23, entre o Governo do RN e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio Grande do Norte (Fecomércio), que administra o Hotel Barreira Roxa por comodato do Estado. Os servidores da saúde que comprovarem conviver com pessoas do grupo de risco ou que tenham pessoas infectadas pelo novo coronavírus na mesma residência poderão se hospedar na unidade durante suas folgas do trabalho. 

Participaram da reunião: Samanda Alves (secretária adjunta do Gabinete Civil); Elenimar Costa (coordenadora de RH da Sesap); Márcia Cavalcanti (Suplag/Sesap); Maria Helena da Motta (Suvisa/Sesap); Neuma Lúcia (coordenadora do CAS); Mércia Maria de Santi (diretora geral da Escola de Saúde da UFRN); Marise Reis (professora do departamento de Infectologia do curso de medicina da UFRN); Fernando Virgílio (diretor regional do Sesc); Raniery Pimenta (diretor regional do Senac); Rafaela Sampaio (diretora administrativa do Senac); Celso Pereira (gerente do Senac Natal); Daniele Montenegro e Jailton  Paiva (pesquisadores do LAIS UFRN).

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Rio Grande do Norte

Rolar para cima