Rogério Marinho mente sobre não inclusão do RN em programa federal de habitação e Governo reúne vereadores para desmentir fake news

Uma mentira contada a vereadores potiguares pelo ministro do Desenvolvimento Regional Rogério Marinho (sem partido) sobre a não adesão do Rio Grande do Norte ao programa de habitação “Casa Verde e Amarela” levou o Governo do Estado a articular um encontro com parlamentares de várias cidades para desmentir a fake news divulgada pelo potiguar, que ainda busca o apoio do presidente Jair Bolsonaro para viabilizar a candidatura ao Senado em 2022.

 De acordo com uma comissão formada por 18 vereadores, Marinho teria afirmado, em Brasília, durante a “Marcha dos Vereadores”, que o Rio Grande do Norte tinha sido o único estado do país a não aderir ao programa de habitação federal.

Porém, a equipe técnica da secretaria de Estado de Habitação apresentou aos parlamentares cópias de e-mails e ofícios comprovando que o Governo solicitou participação no programa, mas o edital admitiu apenas a inclusão de prefeituras e do Distrito Federal. Ou seja, nenhum Estado, e não só o RN, conseguiu aderir ao Casa Verde e Amarela.

Após a explicação técnica, a governadora Fátima Bezerra criticou o ministro do Desenvolvimento Regional:

– (O ministro Rogério Marinho) passar uma informação sem bases verdadeiras como a informação que ele passou para vocês ? Não sei o que houve. Não foi assessorado corretamente ? Contra fatos não há argumentos. Está aqui, passo a passo, a posição do governo do Estado, mostrando claramente que nunca houve omissão por parte desse Governo. Pelo contrário, coerência, competência e pro-atividade para lutar por aquilo que é de direito do povo do Rio Grande do Norte”, afirmou.

A petista ainda criticou a exclusão dos Estados por parte do governo Bolsonaro:

– O projeto do governo federal cometeu um equívoco grave, que foi a exclusão dos Estados. Política tem que estar destinada aos municípios, ao Distrito Federal, e porquê não para os Estado ? É o princípio federativo”, disse.

O encontro foi articulado pelo deputado estadual e líder do Governo na Assembleia Legislativa Francisco do PT. Ele foi contatado pela vereadora de Parelhas Romisélia Azevedo (PSDB), que ouviu a informação divulgada por Marinho.

– Na mesma hora em que ouvimos o que o ministro disse a nós em Brasília, liguei para o deputado Francisco pedindo a reunião e ele se prontificou a articular este encontro. Agradeço demais atenção do parlamentar e também do governo, que trouxe aqui a verdade dos fatos, inclusive comprovando através dos documentos apresentados”, disse a parlamentar.

 A comitiva de vereadores, entre eles o presidente da Federação das Câmaras Municipais Paulinho Freire (PDT), foi recebida por Fátima Bezerra e também pelo secretário de Estado de Habitação Pablo Thiago. Ao final, Francisco do PT reforçou que a informação repassada por Rogério Marinho aos vereadores não é verdadeira:

– A equipe da Companhia Estadual de Habitação e Desenvolvimento Urbano – CEHAB comprovou, por meio de ofícios e e-mails, que o RN solicitou sim a participação no programa. E não apenas isso. Mostrou ainda que nenhum estado aderiu ao programa porque ele foi formulado para atender apenas municípios e o Distrito Federal. De forma equivocada, os estados ficaram de fora do programa. Portanto, não é verdade o que foi dito pelo ministro”, disse o líder do Governo na ALRN.

Agência Saiba Mais*

Gostou? Compartilhe...

Mais Sobre Rio Grande do Norte

Rolar para cima