Servidores do Instituto de Previdência do RN suspendem greve

Os servidores do Instituto de Previdência dos Servidores Estaduais do RN (Ipern) decidiram nesta quarta-feira (11) suspender a greve da categoria, que durava desde o dia 2 de março. A decisão foi tomada em assembleia coordenada pelo Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta do RN (Sinai-RN).

De acordo com o Sinai, a suspensão no movimento aconteceu pois o Governo do RN apresentou proposta que visa a implantação do auxílio-alimentação, que era uma das principais reivindicações da categoria.

O Sinai explicou que o Executivo Estadual se propôs a implementar o auxílio-alimentação através de vales. Os valores são acordados para cada cargo. O sindicato aguarda agora o cumprimento da promessa. A categoria segue, neste momento, em estado de greve, apesar do fim da paralisação.

Apesar do primeiro acordo, há outros pontos que a categoria vai seguir negociando, como a elaboração de um novo concurso público para a contratação de novos profissionais, já que considera o quadro de servidores atualmente insuficiente.

Atualmente, de acordo com o sindicato, o quadro do Ipern é composto por 75 servidores ativos, dentre os quais há 51 em abono de permanência, ou seja, em condições de se aposentar. O quadro ainda contém oito servidores cedidos ao Instituto, 25 cargos comissionados e 45 estagiários, num total de 78 pessoas com vínculo apenas temporário. Somando-se a isso, existiriam outros 12 servidores do Ipern à disposição de outros órgãos.

Por G1-RN

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Rio Grande do Norte

Rolar para cima