Vivaldo Costa requer as maternidades que ofereçam treinamento para primeiros socorros em caso de engasgamento de recém-nascidos

Sempre preocupado com as causas de saúde pública do Rio Grande do Norte, o deputado estadual Vivaldo Costa (PSD), apresentou importante requerimento, nesta terça-feira (22), na Assembleia Legislativa. O parlamentar solicita aos hospitais e maternidades que ofereçam aos pais ou responsáveis de recém-nascidos, orientações e treinamento para primeiros socorros em caso de engasgamento, aspiração de corpo estranho e prevenção de morte súbita.

O pedido que deverá ser encaminhado, ainda esta semana, a governadora Fátima Bezerra (PT) e ao Secretário de Saúde, Cipriano Maia, traz ao debate um assunto importante que tem vitimado muitas crianças. Os casos de engasgamento, aspiração de corpo estranho e morte súbita de recém-nascidos geram grande preocupação para pais e responsáveis, sendo grande parte dos atendimentos de urgência. Até um ano de vida, a criança não possui total controle sobre seus processos corporais, incluindo o ato de comer. Por isso, é importante saber como prestar os primeiros socorros a recém-nascidos.

Vivaldo Costa, que é médico pediatra, entende que essas manobras podem evitar a morte por asfixia ou também a passagem de alimento para o sistema respiratório, que provoca infecções graves. “Este requerimento precisa ser atendido. A morte de recém-nascido pode ser evitada através de medidas preventivas simples, mediante orientação e treinamento dos pais. Com a aprovação da presente propositura, estaremos contribuindo para a proteção dos recém-nascidos, atendendo a necessidade de orientação e esclarecimento, colaborando assim com a diminuição dessas ocorrências e essa assistência imediata pode fazer a diferença entre vida e morte”, contou.

Gostou? Compartilhe...

Mais Sobre Rio Grande do Norte

Rolar para cima