Comerciantes da Feira de Jaguaribe passam por testes de Covid-19

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), por meio das Secretarias de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) e de Saúde (SMS), deu início nesta segunda-feira (20) as ações de prevenção à saúde com 1.500 feirantes. A ação faz parte do plano de preparação para a retomada das atividades nas feiras livres da Capital. Nesta segunda (20) e terça-feira (21), 400 feirantes da Feira de Jaguaribe estão sendo atendidos na Escola Municipal Francisco Edward de Aguiar, no bairro de Jaguaribe.

“Demos início pelos feirantes da Feira de Jaguaribe, que serão os primeiros a retomar as atividades, já nesta quarta-feira (22). Foram 176 atendidos nesta segunda. Todos eles passaram por medição de temperatura, vacinação contra a gripe e pelos testes rápidos para a covid-19. Destes, 157 testaram negativo e 19 positivos. Os feirantes que testaram positivos foram encaminhados à Unidade de Saúde da Família de referência. Já os feirantes que testaram negativo já receberam o crachá da Sedurb comprovando que ele está apto para voltar ao trabalho”, afirmou a secretária adjunta de Saúde, Ana Giovana Medeiros.

A ação segue um cronograma de atendimento, acontecendo sempre no turno da tarde. Até a próxima sexta-feira (24), haverá palestras e orientações sobre cuidados e prevenção ao novo coronavírus, aferição de temperatura, vacinação contra a influenza, testes rápidos para a covid-19 e a distribuição de equipamentos de proteção individual (EPIs), como máscaras e protetores facial (face shield).

Ana Giovana ressaltou a importância dessa ação desenvolvida pela PMJP. “A Prefeitura de João Pessoa está oferecendo segurança não só para os feirantes, mas também para os consumidores que vão precisar frequentar esses locais. É importante frisar que esse é mais um passo importante para a retomada das atividades econômicas. A Prefeitura está fazendo a sua parte, mas, principalmente, os feirantes e a população também precisam contribuir para que não haja surgimento de novos casos de covid-19 e retrocesso no plano de flexibilização”, disse a secretária.

Wscom*

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Saúde

Rolar para cima