HC da Unicamp confirma 1º caso de hepatite medicamentosa relacionado ao “Kit Covid”

O HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp confirmou o primeiro caso de reação aos medicamentos do ‘Kit Covid’, recomendados para combate à doença pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e por alguns médicos.

De acordo com o HC, o paciente é um homem de 50 anos, morador de Indaiatuba e atleta. Ele teria contraído covid-19 há cerca de três meses e apresentado, nos últimos dias, olhos e pele amarelados.

Ao dar entrada no hospital a suspeita era de que o problema seria uma sequela da covid-19, mas depois de realizados exames, ficou claro aos médicos que se tratava de uma reação aos medicamentos, chamada de ‘hepatite medicamentosa’.

O kit é composto pela cloroquina/hidroxicloroquina, ivermectina e azitromicina. O paciente teria se medicado com os compostos por indicação médica.

O homem teve sérias lesões no fígado e terá de fazer um transplante, que já está agendando para está sexta-feira (25/03).

Contraindicação

A Sociedade Brasileira de Medicina mudou sua recomendação para a prescrição desses medicamentos.

Em julho do ano passado, a prescrição  ficava a critério dos médicos, agora deve ser combatida.

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Saúde

Rolar para cima