Anvisa suspende autorização excepcional de importação da Covaxin

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) decidiu nesta 3ª feira (27.jul.2021) que a vacina Covaxin não pode mais ser importada e distribuída sob autorização excepcional no Brasil. A decisão unânime foi tomada depois que a Bharat Biotech informou à agência que a Precisa Medicamentos não é mais sua representante.

A Anvisa afirma que como a Precisa não tem mais legitimidade para importar o imunizante indiano, os requisitos de importação poderiam ser afetados. Assim, a autorização expedida em 4 de junho, a pedido do Ministério da Saúde, foi revogada.

Poder 360*

Gostou? Compartilhe...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais Sobre Uncategorized

Rolar para cima